Um pormenor que podia ter feito toda a diferença. Embora muito longe do evidente fora-de-jogo de Tevez contra o México e do golo limpo de Lampard frente à selecção alemã, a verdade é que o golo que afasta Portugal do Mundial também é irregular.

Uma ilegalidade ténue, que a brasileira Globo mediu em 22 centímetros, mas, ainda assim, irregular. David Villa estava mesmo em fora de jogo, no momento do toque de calcanhar de Xavi, que o isola.

O recurso às imagens virtuais permite dissipar as dúvidas que as imagens televisivas não esclareceram e, ao mesmo tempo, mostrar que seria complicado ao assistente ver a posição adiantada do espanhol. Passou em claro e Portugal regressa a casa.

Veja o lance: