Logo a seguir veio a explicação. «Porque tem muita velocidade na frente e quer aproveitar esse facto», disse. «Mas nós temos vindo a melhorar estamos melhores agora e acredito que vai haver jogo até final. Amanhã a palavra ganhar é mais importante do que nunca. Empatar com muitos golos é difícil, por isso só podemos procurar a vitória.»

Abel Resino garante de resto que a equipa não vai regatear esforços. «Para mim e para o Atlético Madrid é o jogo mais importante dos últimos anos. Há alegria, há entusiasmo e vamos para o jogo com tudo.» O que não lhe diminui o respeito pelo F.C. Porto. «É uma grande equipa e não podes esquecê-lo. É muito compacta e muito rápida na frente.»

Certo é que o treinador não acredita em facilidades. O presidente Enrique Cerezo disse que se a equipa jogasse metade do que jogou no Bernabéu seria suficiente para ganhar no Porto. Resino discorda. «Amanhã vai ser difícil ter tantas oportunidades quanto tivemos no Bernabéu. Todos os jogos são diferentes e todas as equipas são diferentes.»

«Paulo Assunção está tranquilo»

Pelo meio falou-se também de Paulo Assunção. O médio rescindiu unilateralmente com o F.C. Porto e não propriamente bem visto no Dragão. Abel Resino coloca água na fervura. «Paulo Assunção é um grande profissional, tem um grande respeito pelo Porto e pelos adeptos. Falei com ele e sei que está tranquilo. Ele sempre deu tudo pelo clube.»