Mas com tanto tempo que passou, apetece perguntar a académicos e belenenses, protagonistas do primeiro jogo da 23ª jornada, esta sexta-feira à noite, se ainda se lembram como era quando jogavam todas as semanas?

Sintonizados de novo no campeonato, importa destacar que este será um encontro entre equipas com objectivos iguais mas em posições bem diferentes nesta altura. Os de Coimbra, no 10º lugar, com 25 pontos, querem fazer deste duelo o pretexto para festejar praticamente a manutenção, já os azuis do Restelo, no penúltimo lugar, com 17 pontos, sabem que um revés na cidade do Mondego será um rude golpe nas suas aspirações.

A Académica terá ainda de lutar contra a tradição, já que há seis anos que não consegue vencer os da cruz de Cristo em casa mas a motivação pela proximidade do objectivo traçado para a época e a perspectiva pouco animadora em termos de calendário, com jogos frente aos três grandes, poderá levá-la a encarar esta partida ao bem ao jeito do adágio «não guardes para amanhã o que podes fazer hoje».

Belém com problemas no ataque

O Belenenses vem a Coimbra desfalcado no ataque. Sem Marcelo nem Wender, a boa nova foi mesmo a recuperação do trio Tininho/Diakité/Mano, embora seja de esperar que não se apresentem a cem por cento. Os problemas na frente obrigaram, inclusive, Jaime Pacheco a convocar o júnior Fredy pela primeira vez.

Já a Briosa respira com mais alívio também neste particular. Domingos Paciência debate-se apenas com a indisponibilidade de Tiero, já que Júlio César não é primeira opção, e cumpriu a promessa de convocar Sougou, mesmo tendo em conta que o senegalês jogou pela sua selecção na última quarta-feira em Teerão e enfrentou uma viagem de mais de 14 horas para chegar a Coimbra ao princípio da noite desta quinta-feira, véspera do encontro.

Equipas prováveis:

Estádio Cidade de Coimbra.

Árbitro: Luís Reforço (Setúbal).

ACADÉMICA: Peskovic; Pedro Costa, Orlando, Luiz Nunes e Hélder Cabral; Pedrinho, Nuno Piloto e Cris; Miguel Pedro, Saleiro e Lito.

Outros convocados: Pedro Roma, Rui Nereu, Berger, Amoreirinha, Diogo Gomes, Carlos Aguiar, Madej, Licá, Sougou e Éder.

BELENENSES: Júlio César; Cândido Costa, Ávalos, Zarabi e Tininho; Diakité, Mano, Zé Pedro e Silas; Vinicius Pacheco e Roncatto.

Outros convocados: Assis, Baiano, Rodrigo Arroz, Gabriel Gomez, Maycon, Porta, Saulo e Fredy