«É uma equipa muito forte, um grande da Europa, habituado a estar na Champions. É o favorito do grupo», disse o técnico em conferência de imprensa, destacando os «excelentes jogadores no ataque» portista como os «desequilibradores Brahimi, Tello e Jackson Martinez».

Ernesto Valverde afirmou que «é uma vantagem» para os dragões o facto de Julen Lopetegui substituir, desde o início da época, vários jogadores de um jogo para o outro. «Se conseguem mudar cinco jogadores a cada jogo é porque têm soluções para todos os lugares e podem estar sempre a 100 por cento», justificou.

Recentemente, Valverde afirmou que a Liga dos Campeões não é uma prioridade para a sua equipa, 17.ª classificada em Espanha, com apenas cinco pontos, mas não descarta a «possibilidade de tentar ganhar» no Porto. «Temos uma partida muito importante no sábado [no terreno do Almería], mas não podemos deixar de pensar na Liga dos Campeões, prova para a qual trabalhámos muito na época passada e que motiva os jogadores», disse o treinador dos bascos.

Questionado sobre o momento anímico dos portistas, eliminados sábado passado, pelo Sporting, da Taça de Portugal, Ernesto Valverde respondeu que «as duas equipas vão estar obrigadas a ganhar, quer pelas circunstâncias internas, quer pela importância da competição».