«Vi, durante a semana, essas declarações coladas no balneário. Fico contente que os jogadores tenham esse espírito de vingança», disse o técnico espanhol.

As palavras de Nuno Piloto não são o único aspecto que parece motivar o balneário encarnado. Na Luz ninguém esquece o resultado da última época (derrota por 3-0), até porque Quique Flores não deixa. «Se eles não se lembrarem, eu recordo-lhes», disse o técnico espanhol. «Foi um resultado muito mau. Temos de ter esse espírito de vingança, a ambição de mudar a imagem e conquistar os três pontos», acrescentou ainda.

Frente à Académica o Benfica já deve contar com José Antonio Reyes. O espanhol foi convocado e Quique confirmou que o extremo está recuperado, e «com vontade de voltar a jogar».

Na baliza deve manter-se também Quim, que reconquistou a titularidade depois da exibição na final da Taça da Liga. «Estamos numa altura em que é importante aproveitar qualquer subida anímica de um jogador», justificou o treinador das «águias».