O segundo golo surgiu já na segunda parte, por Nuno Gomes. O relógio marcava 67 minutos quando Cardozo rompeu pela área da formação de Matosinho e cruzou de pé direito, para um desvio de cabeça do avançado português que tinha entrado pouco antes para o lugar de Reyes. Nessa altura pensava-se que o Benfica tinha a vitória garantida.

No entanto os encarnados ainda tiveram de sofrer para aguentar o triunfo. Isto porque o Leixões reduziu a desvantagem, por Rodrigo Silva, aos 74 minutos, após centro de Jean Sony. No entanto até ao fim não houve mais golos, o Benfica venceu e segurou o segundo lugar, com 40 pontos. O Leixões mantém o quarto lugar com 35 pontos.