Ainda assim, os jogadores continuam insatisfeitos, e não está excluída a possibilidade de serem cancelados mais treinos, ou mesmo de alguns jogadores rescindirem contrato.

Nesta altura os jogadores que compõem o plantel profissional do Boavista têm quatro meses e meio de salários em atraso. As receitas ordinárias do clube estão penhoradas, pelo que a esperança vai surgindo com algumas receitas extraordinárias, como a que resultou do jogo particular disputado com o Benfica.