O treinador do Real Madrid atirou nesta quarta-feira uma sentença sobre o presidente da FIFA. «É impossível calar a boca a Blatter», disse Carlo Ancelotti, numa alusão à última declaração do suíço sobre a Bola de Ouro do Mundial 2014.

Os 23 nomeados para a Bola de Ouro 2014

Sepp Blatter preferia em Manuel Neuer, campeão mundial pela Alemanha e campeão germânico pelo Bayern Munique. Apesar de se referir ao Campeonato do Mundo, a frase foi analisada em Espanha como uma preferência para o troféu de melhor jogador de 2014, que será atribuído pela FIFA em janeiro.

Depois daquela tirada sobre o presidente da FIFA, o técnico italiano acrescentou: «Quando chega a Bola de Ouro fala-se sempre nisto, mas neste ano não há nada que pensar. O ano passado, havia Ribery e Messi, mas marcando golos e vencendo títulos importantes, não há dúvida de que Cristiano Ronaldo vai ganhar a Bola de Ouro. Estas palavras [de Blatter] não fazem sentido.»

Sobre o facto de estar nomeado para melhor treinador do ano, o técnico não escondeu que «gostava de ganhá-lo», mas declarou de seguida: «Mas o prémio maior já o recebi, que era vencer a Liga dos Campeões.»

Ancelotti falou na antevisão ao jogo da Taça do Rei com o Cornellá, uma partida em que o capitão da seleção nacional será poupado, tal como Iker Casillas, Sergio Ramos, Tony Kroos, Modric e Pepe, que está castigado.

O italiano avançou, assim, o onze: «Keylor Navas, Carvajal, Varane, Nacho, Arbeloa, James, Khedira, Illarramendi, Isco, Chicharito e Benzema.»