Bruno Alves em declarações aos jornalistas após o empate a dois golos do F.C. Porto no terreno do Manchester United:

«A falha não me vai tirar o sonho. Foi uma falha minha, mas o que valeu foi a exibição da equipa, personalizada, a equipa jogou muito bem. Ninguém gosta de falhar, não me correu bem, mas a equipa tentou reagir. Quando recebi a bola, pensei que o Hélton estava sozinho, mas o Rooney foi inteligente. Acontece. A equipa teve uma reacção fantástica. Agora temos um jogo complicado em casa, está tudo em aberto. Foi uma exibição personalizada, não nos limitámos a defender e a equipa está de parabéns.»