Carlos Brito, treinador do de Rio Ave, depois do empate com o Marítimo (1-1), em Vila do Conde, na abertura da jornada 21 da Liga:

«Apraz-me registar a intervenção de Carlos Carvalhal, que reconhece que o Rio Ave foi superior. Como imaginam, há uma tristeza grande no balneário, porque tivemos os três pontos na mão, mas deixámo-los fugir. Tivemos capacidade de neutralizar qualquer veleidade de parte do Marítimo. Estou triste por aquilo que os jogadores fizeram, mas há que aceitar com fair-play o resultado. Hoje, de facto, os sócios saem com tristeza, mas com a noção de que os jogadores deram tudo. Fomos uma equipa de verdade, mas o futebol tem destas coisas. Isto, pelo menos, deu-nos alento para os jogadores perceberem que têm qualidade para permanecer na I liga.»