«Sempre fui sincero, não sou hipócrita: não acredito muito que Portugal se qualifique para o Mundial. Espero estar muito enganado», disse o treinador, acrescentando que não tem «nada contra Carlos Queiroz». «Não sou pessoa de acreditar de um momento para o outro», adiantou, lembrando os muitos pontos perdidos nos primeiros jogos.

Manuel Cajuda comentou também a polémica recente no futebol português com a final da Taça da Liga e toda a controvérsia gerada à volta da arbitragem de Lucílio Baptista. «As pessoas inteligentes sabem como resolver as coisas», disse, de forma enigmática e sem querer explicar-se. «Não acredito que os árbitros sejam a pior coisa do futebol.»