«Não tenho nenhuma cláusula para jogar mais, nem menos. Tenho de trabalhar para ser útil, quando o treinador entender que encaixo naquilo que a equipa necessita», disse o número doze leonino, em conferência de imprensa.

Com a lesão de Grimi, que vai ser operado, aumentam as possibilidades de Caneira ser titular, e já frente ao Paços de Ferreira. «Estou preparado há sete meses, para dar o meu melhor e contribuir para a equipa. O importante é que o técnico saiba disso», reiterou.

Caneira defende, de resto, que essa deve ser a filosofia de todo o plantel: respeitar as opções do treinador. «As pessoas têm de saber que a vida é difícil. Há que trabalhar todos os dias para alcançar mais coisas. Todos têm de estar preparados para dar o seu contributo», disse.

Os objectivos do colectivo estão acima do individual, entende o defesa, e isso aplica-se também ao facto de João Moutinho estar perto de completar 200 jogos pelos «leões». «Não estamos aqui para bater recordes. O mais importante é o João chegar ao fim com o título de campeão», explicou.