O Sporting anunciou resultados positivos de 24,748 milhões de euros no primeiro trimestre de 2017/18.

Os «leões» apresentam contas no verde, ainda que muito abaixo dos 69.2 milhões de lucro dp mesmo período do ano passado, após um final de mercado particularmente forte em vendas de passes de jogadores, nomeadamente João Mário e Slimani.

Nesse sentido, refira-se que os rendimentos com vendas de jogadores passaram de 59,6 milhões no primeiro trimestre da época passada para 24,5 milhões de euros em igual período deste ano.

O relatório divulgado pela SAD do Sporting fala em 24,5 milhões de ganhos com transferências, valor que assenta essencialmente no negócio de Adrien Silva com o Leicester, lançado no relatório com o valor de 20 milhões de euros.

Os «leões» falam ainda em aumento das receitas operacionais em 2,5 milhões de euros, que explicam com a participação no play-off da Champions, mas também em aumento de dez por cento dos gastos operacionais, mais 2,3 milhões, associado a aumentos nos gastos salariais, nesta altura nos 19.130 milhões de euros.