O Maisfutebol desafiou os jogadores e treinadores portugueses que atuam no estrangeiro, em vários cantos do mundo, a relatar as suas experiências para os nossos leitores. São as crónicas Made in Portugal:

MARCO PAIXÃO, SLASK WROCLAW (POLÓNIA)

«Olá, caros leitores.

Antes de mais, quero agradecer a todas as pessoas que têm falado no meu nome em Portugal e na possível integração na seleção do nosso país!

Quero-vos dizer que continuo a fazer golos e a ajudar a minha equipa. Neste fim-de-semana marquei o meu 18º na Liga. Ou seja, são 24 golos oficiais, fazendo desta a melhor época de sempre na carreira. Estou muito contente por tudo o que tem acontecido este ano.

Continuo a desfrutar bastante desta nova experiência como capitão de equipa do Slask Wroclaw e procuro retribuir essa confiança da melhor forma.

Recentemente, eu e o meu irmão fomos convidados para cantar uma música para a Liga polaca. Durante o dia da gravação, cheguei a fazer um pouco de beat box no estúdio, o Flávio seguiu a onde e foi demais, começaram todos a rir-se e os produtores adoraram. Foi uma experiência inesquecível e estou ansioso para ver o resultado final.

Não deixo de seguir o futebol em Portugal e quero dar os parabéns à equipa sub-19 do Benfica pela grande campanha que fez na Youth League, demonstrando que há grandes talentos no nosso país e que devem ser aproveitados. Também felicito Bruno de Carvalho pelo grande trabalho que está a fazer pelo Sporting e pelos jovens portugueses.

Quando estou de folga, aproveito para visitar algumas cidades. Estive por exemplo em Praga, confirmando que é uma cidade muito bonita. Para além disso lá comi algo que não comia há mesmo tempo: leitão! Estava nas nuvenus. Da próxima vez que voltar a Praga irei certamente visitar o mesmo restaurante.

A Páscoa foi passada em Milão com a minha namorada. É uma cidade espetacular! Adorei a experiência, estivemos três dias às compras, visitámos as casas de alta costura e fomos conhecer as zonas onde moram os famosos costureiros italianos. Nunca tinha estado num sítio em que cada loja apresentava roupa absolutamente linda. Estivemos também um dia em Génova e fez-me lembrar bastante Sesimbra, a cidade preciosa.

A nível desportivo, estamos na fase decisiva da Liga, faltam poucos jogos até ao final e acredito que continuaremos a dar o nosso melhor!

Abraço a todos e muito sucesso,

Até breve,

Marco Paixão»

Conteúdo editado por: Vítor Hugo Alvarenga