O Maisfutebol desafiou os jogadores e treinadores portugueses que atuam no estrangeiro, em vários cantos do mundo, a relatar as suas experiências para os nossos leitores. São as crónicas Made in Portugal:

JORGE RODRIGUES, NOMME KALJU (ESTÓNIA)

«Olá a todos,

Estou de volta para fazer um resumo do que se tem passado desde a última crónica. Enquanto a maioria dos campeonatos na Europa estão a terminar ou terminados , o meu só vai praticamente a meio. Começou em Março e termina apenas em Novembro.

Quando escrevi pela última vez, íamos na quarta jornada do campeonato e com ligeira desvantagem em relação aos lideres, devido à perda de 3 pontos na secretaria. Nessa altura, deixei a promessa de tentar recuperar esses pontos em campo, o que aconteceu. Nesta altura estamos em primeiro lugar, claro que ainda falta muito campeonato mas a ligeira vantagem dá-nos boas perspetivas e mais motivação para o resto do prova e claro para as competições europeias.

No dia 23 de junho, ficaremos a saber quem será o nosso adversário na 2ª eliminatória da Liga Europa. Essa eliminatória vai ser realizada a 3 e 10 de julho. 

No Nomme Kalju, sabemos que quanto melhores forem os nossos resultados, melhor e mais forte será o apoio dos nossos adeptos. Isso é essencial para nós. Afinal, o que seria o futebol sem os adeptos?

São o 12º jogador, são quem nos dá aquela força extra para atingir a superação quando as pernas começam a reclamar. Durante muitos anos, essa foi a grande luta do futebol na Estónia: a falta de paixão pelo futebol.

Porén, o meu clube tem vindo a mudar tendências e mentalidades. Eu tenho sido um dos intervenientes nessa mudança, com vários planos para cativar o interesse e mesmo a paixão pelo futebol. Temos visitado escolas, feito spots publicitários, ações de caridades e muitos outros eventos sociais. Para além disso, como tinha mostrado na última crónica, estamos a fazer algumas celebrações cativantes, como o ‘bowling humano’ e, nesse último jogo, o Samurai!

Aqui fica o ‘making of’ desse festejo no balneário do Nomme Kalju. O resultado final pode ser comprovado neste link

 

 

Os resultados têm sido excelentes, pois somos a equipa com maior assistência nos jogos da liga e os apoiantes têm aumentado. Esperamos que assim continue.

Para nós isso é extremamente importante, como disse. Aqui deixo mais um vídeo a demonstrar a nossa determinação. Recentemente, eu e alguns jogadores da equipa fizemos um vídeo para chamar os adeptos. Em nome de todos, tenho de agradecer aos que nos têm apoiado.

A vida por aqui tem sido assim. Trabalho nos relvados e fora deles. Eis mais um exemplo.

Eu e o treinador-adjunto do Nomme Kalju, Getúlio Fredo, fomos convidados a entrar num spot publicitário. Vestimo-nos a preceito, a verdade é que o resultado final não nos deu grande visibilidade mas foi algo muito divertido de fazer. E claro, aumenta um pouco a nossa popularidade. Eu apareço depois dos 24 segundos.

Veski Mati "Pasta" from Meelis Veeremets on Vimeo.

Um grande agradecimento ao Maisfutebol pelo espaço que tem dado aos portugueses que trabalham no estrangeiro, sempre com o país no coração. Prometo voltar em breve para relatar mais aventuras na Estónia e finalizo esta crónica com desejos de boa sorte para a Seleção Nacional no Mundial do Brasil. Força Portugal!

Até breve,

Jorge Rodrigues»

Conteúdo editado por: Vítor Hugo Alvarenga