«Não há adversários bons, nem maus, se não estás bem, concentrado, vais para a rua», escreveu Cruyff, na coluna de opinião que tem no «El Periódico». «Quem gostarias que calhasse nos quartos-de-final da Liga dos Campeões? Como divertimento está muito bem, de resto, está tão bem que faria uma aposta para saber quem emparelha com quem nas meias-finais», prossegue Cruyff.

«Na sexta-feira acabam-se as dúvidas, mas sou daqueles que acha que não é relevante quem sai», adianta o holandês, que completa a ideia: «Sem falar em nomes de adversários, se sai o melhor e ganho, o melhor está de fora. Se a minha ideia é chegar à final - e digo chegar, não ganhá-la - todos são suficientemente bons para te eliminarem, se não estás preparado.»