Tiago Monteiro não poderá dar início à época no WTCR (ex-WTCC) nos dias 7 e 8 de Abril, em Marrocos. O piloto não está ainda 100% recuperado do violento acidente que sofreu no ano passado.

"Sabia que  esta era uma possibilidade. O corpo humano não é uma ciência exacta. Apesar de estar a recuperar a minha condição física, infelizmente o mesmo ainda não aconteceu a 100% com a capacidade ocular. Inevitavelmente isso não permite o meu regresso à competição. As evoluções têm sido notáveis, os tratamentos têm ajudado muito e a equipa médica tem feito um trabalho incrível, mas não posso correr riscos. Por mais que tenha feito tudo o que estava ao meu alcance, o corpo e a visão ainda não recuperaram totalmente. A condição humana fala mais alto. Ainda assim, tenho que agradecer à equipa fantástica e incansável que me tem acompanhado neste processo difícil", comentou o piloto.

Monteiro continua concentrado na recuperação para tentar regressar ao campeonato, que irá acompanhar a par e passo.

"Vou continuar o meu percurso como até aqui na expectativa que tudo volte ao estado normal logo que possível. Até lá vou apoiar a equipa, os meus colegas  e a Honda e ajudá-los com a minha experiência e conhecimento a conseguir bons resultados. Não vou estar em pista mas vou estar fora dela a dar todo o meu contributo. É importante manter o espírito de equipa", concluiu.

Com o regresso ainda por definir, a equipa Boutsen Ginion recorrerá ao piloto de reserva, Benjamin Lessennes - vencedor do título  TCR Benelux de 2017  - para substituir o português no teste oficial de pré-temporada desta semana no circuito Barcelona-Catalunha na Espanha.