José Mourinho ficou satisfeito com o desempenho da sua equipa frente ao Barcelona, na 1ª jornada do Grupo F da Liga dos Campeões. A formação catalã criou mais oportunidades de golo, mas não conseguiu desfazer o nulo.
«A minha equipa deu uma grande resposta frente ao campeão da Europa. A resposta da minha equipa foi fantástica, foi uma autêntica guerra com Guardiola, física e mental. Foi um grande jogo de futebol, apesar de o resultado indicar o contrário», começou por dizer.
O treinador português lembra as oportunidades perdidas pelo Inter: «Tivemos três, quatro, cinco oportunidades, como os remates de Milito, de Stankovic ou de Maicon. Se tivessem um melhor destino, podíamos vencer. Claro que o Barcelona teve mais oportunidade que nós.»
«Gostei bastante de ver Ibrahimovic, cumprimentei-o antes e depois do jogo. Desejo-lhe as maiores felicidades e fico satisfeito porque San Siro soube acolher e respeitar o Ibra durante os noventa minutos. Se suspirámos de alívio no final? Não. Se Santon tivesse marcado a dez minutos do fim, o Inter até tinha vencido», lembra, em jeito de conclusão.