Depois de André Martins, também o guarda-redes Rui Patrício foi poupado por Paulo Bento no primeiro treino da seleção, antes do particular de quarta-feira com a Holanda. O guarda-redes do Sporting, habitual titular na equipa nacional, atuou no domingo frente à Fiorentina, e como medida de gestão acabou por não integrar a peladinha em espaço reduzido com que o selecionador concluiu a sessão.

Sem Patrício e André Martins, e ainda sem os cinco elementos autorizados a chegar mais tarde à concentração (Fábio Coentrão, Pepe, Cristiano Ronaldo, Bruno Alves e Josué), acabaram por ser apenas 16 os convocados que estiveram a tempo inteiro no treino: Beto, Eduardo, João Pereira, Ricardo Costa, Sílvio e Neto, Paulo Machado, Miguel Veloso, Custódio, Rúben Micael e Rúben Amorim, Pizzi, Bruno Gama, Hélder Postiga, Danny e Nélson Oliveira. A sessão durou pouco menos de hora e meia e foi presenciada por cerca de uma centena de adeptos. Um ligeiro toque sofrido por Pizzi ainda causou alguma inquietação, antes de o avançado regressar ao relvado, cumprindo a sessão até ao fim.

A equipa volta a treinar no Jamor na manhã de terça-feira, pelas 9.15, numa sessão fechada ao público. Pelas 12.30, Paulo Bento fará a conferência de imprensa de antevisão ao jogo com a Holanda, antes da partida para o Algarve, palco da partida de quarta-feira.