«Não se passou nada de mais, apenas uma reunião com o plantel que já estava agendada e que se prolongou mais do que previsto. Não está em causa a participação do Estrela da Amadora nas meias-finais da Taça de Portugal, frente ao F.C. Porto», garantiu o presidente do clube, António Oliveira, em diálogo com o Maisfutebol, na Reboleira.

Marco Paulo, em nome do plantel do Estrela da Amadora, não foi muito mais longe. «O que se passou foi uma reunião que se prolongou mais e acabámos por não treinar. Foi uma conversa entre os jogadores, depois com o treinador e com o presidente. São algumas conversas necessárias face a questões que preocupam os jogadores», resume o capitão.