Com um registo ligeiramente favorável à formação arsenalista, em termos históricos, fica uma evidente sede de vingança para os lados da Amadora, depois de uma goleada no Estádio Axa, na primeira volta. Foram cinco golos sem resposta, até com Hugo Gomes a contribuir para a causa alheia, marcando na própria baliza.

Da greve geral a menos de um mês

Os últimos dias, tal como os últimos meses, até já parecem anos, foram marcados pelos lamentos dos jogadores do Estrela da Amadora face à crise financeira no clube. Entre os apelos para uma greve geral dos jogadores do futebol português, o presidente António Oliveira lá conseguiu arranjar verbas para acalmar o grupo.

Parecem trocos, disseram muitos. Menos de um mês de salários para cada elemento do Estrela. Nada que belisque, garantem os mesmos entre os protestos, o profissionalismo que guinda a equipa para uma posição extremamente confortável na classificação. Varela, moralizado pela confirmação da transferência para o F.C. Porto, vai centrando atenções.

Rodriguez e os sobreviventes

Albert Rodriguez é a principal nota de destaque na lista de convocados do Sp. Braga. O central peruano anda arredado da competição há mais de dois meses, regressando agora ao leque de opções de Jorge Jesus. Na primeira volta, curiosamente, marcou um dos cinco golos encaixados por Nélson, guarda-redes do Estrela.

O Sp. Braga procura gerir as cargas físicas e apresenta-se a jogo com os sobreviventes. César Peixoto, Luís Aguiar e Rentería seguiram viagem para a capital, apesar das limitações. A fome é tanta que Jorge Jesus, pouco tempo depois de ter elogiado o potencial de Stélvio e Orlando Sá, já admite que Madrid e Linz, afinal, até faziam bastante falta.

Equipas prováveis:

E. AMADORA: Nélson; Hugo Gomes, Nuno André Coelho, Tengarrinha e Ney; Fernando Alexandre, Marcelo Goianira e Jardel; Vítor Moreno, Anselmo e Varela.

Outros convocados: Filipe Mendes, Vítor Vinha, Nélson Pedroso, Marco Paulo, Celestino, Pedro Pereira e Rui Varela.

SP. BRAGA: Eduardo; João Pereira, André Leone, Stélvio e Evaldo; Alan, Vandinho, Mossoró e Matheus; Paulo César e Orlando Sá.

Outros convocados: Mário Felgueiras, Rodriguez, Edimar, Filipe Oliveira, César Peixoto, Luís Aguiar, Jorginho e Rentería.