Em apenas alguns meses, o lateral esquerdo deu o salto para os campeões nacionais e para os maiores campos europeus. «O F.C. Porto é algo mais para mim. Acabei de chegar, é a minha primeira experiência num grande clube e tenho um longo caminho pela frente», confidenciou Cissokho ao uefa.com.

O número 28 diz-se um jogador ambicioso e com vontade de crescer a cada jogo. «Temos que elevar o nosso nível, sempre. Não é fácil, mas quero chegar ao topo. Enfrentar jogadores internacionais, jogar com os melhores do mundo, ajuda bastante, porque temos que manter o dobro da concentração o tempo todo», comentou o Dragão mais recente.

Agora, Cissokho acredita em ir ainda mais longe. «Há equipas muito fortes na competição. Muitas equipas inglesas passaram e podem colocar-nos grandes dificuldades, mas estamos preparados para grandes performances e pretendemos a qualificação para as meias-finais», adiantou o defesa.

A equipa portuguesa não atingia os «quartos» da Liga dos Campeões desde 2003/2004, ano em que só parou na final de Gelsenkirchen. Com o troféu nas mãos.