Os muitos adeptos do V. Guimarães soltaram a fúria das más relações entre os clubes no autocarro, atacado com murros, isqueiros e até uma bola de golfe, lançada da parte superior e que estilhaçou um dos vidros inferiores da viatura portista, provocando-lhe até um buraco. Sem consequências para quem seguia no interior.