Uma decisão após a corrida subiu Hamilton do quarto para o terceiro lugar, devido a uma penalização de Trulli por ter ultrapassado o inglês enquanto o carro de segurança estava em pista. O incidente ocorreu quando Trulli se moveu na pista e foi ultrapassado por Hamilton.

Jarno Trulli e a Toyota haviam sido penalizados em 25 segundos e perdido o pódio, mas foram agora reinstalados no terceiro posto, enquanto Hamilton foi punido pelos responsáveis da Federação Automóvel por causa de «uma nova evidência». Ninguém explicou qual a evidência que alterou a classificação, embora os rumores apontem para uma conversa entre a McLaren e o piloto durante a prova.