A habitual declaração de Luís Castro ao Porto Canal, de antevisão aos jogos do FC Porto, não se realizou esta terça-feira, ao contrário do que estava anunciado no site oficial dos dragões.

Segundo anunciou O Jogo e confirmou o Maisfutebol, a decisão de anular a conversa prende-se essencialmente com dois motivos: discordância pela nomeação de Pedro Proença (muito criticado pelo FC Porto na derrota em Alvalade) e desagrado pela forma como a FPF está a organizar o jogo.