«Este [At. Bilbao] é o adversário mais difícil que defrontámos até agora», disse o técnico do FC Porto, sobre o adversário da Liga dos Campeões, prosseguindo: «Estamos focados em dar uma boa resposta amanhã, já não falamos no jogo anterior.»

Houve tempo para corrigir os erros do encontro com os leões? «Todas as equipas precisam sempre de corrigir muitas coisas. Sofremos golos que não queríamos, mais por demérito nosso, do que por mérito do adversário. Temos de ser mais inteligentes em alguns momentos e tomar decisões mais simples. Fazemos muitas coisas bem, e isso pode ajudar-nos. Todas as equipas cometem erros, temos é de conseguir continuar a fazer o que fazemos bem.»

Questionado sobre se a rotatividade poderá estar na origem dos erros individuais, Lopetegui rejeita essa teoria: «Não. Não estou concentrado em fazer rotatividade, mas sim em encontrar a equipa certa para cada jogo. Não quero falar no passado. Se fico a olhar para trás ainda caio.  Virámos a página e só queremos olhar para a frente. Ficámos tristes por sair da Taça de Portugal, mas o jogo de amanhã exige que nos concentremos nele.»