A reta final do campeonato está à porta e o FC Porto em posição favorável para conquistar o título de campeão nacional, após quatro anos em que o Benfica ergueu o troféu.

Uma época em que os dragões podem festejar na receção ao Feirense, no próximo domingo, num jogo que pode coroar o segundo melhor registo caseiro dos dragões no novo século, na história da Liga. Se basta um ponto para o título, são precisos os três para alcançar a marca dos 49 pontos, a segunda melhor dos dragões em casa desde 2000, já obtida por duas ocasiões.

Na época 1999/2000 e em 2002/2003, respetivamente com Fernando Santos e José Mourinho no comando técnico, o FC Porto somou 49 pontos em 51 possíveis nos 17 jogos em casa na Liga. É esta a marca que o FC Porto de Sérgio Conceição pode atingir, caso vença o jogo da 33.ª jornada. Até agora, nos 16 jogos anteriores no Estádio do Dragão, os azuis e brancos venceram 15 e apenas empataram contra o Benfica, 0-0.

O melhor registo, contudo, continuará sob a alçada de Mourinho, que somou os 51 pontos possíveis em casa, na época 2003/2004, a que culminou com a conquista da Liga dos Campeões.

No entanto, há dois outros registos dos dragões em casa, que apesar de não chegarem a tais pontuações, foram quase perfeitos nos campeonatos a 16 equipas. À semelhança do registo de Santos, Mourinho e do em vigor de Conceição, o FC Porto de Villas-Boas (2010/11) e o de Vítor Pereira (2012/13) também só perderam dois pontos possíveis em casa, mas só havia 45 pontos e não 51 em jogo.

FC Porto em casa no novo século:

2017/18: 46 pontos**

2016/17: 45 pontos

2015/16: 38 pontos

2014/15: 46 pontos

2013/14: 40 pontos*

2012/13: 43 pontos*

2011/12: 41 pontos*

2010/11: 43 pontos*

2009/10: 39 pontos*

2008/09: 32 pontos*

2007/08: 40 pontos*

2006/07: 39 pontos*

2005/06: 42 pontos

2004/05: 27 pontos

2003/04: 51 pontos

2002/03: 49 pontos

2001/02: 39 pontos

2000/01: 47 pontos

1999/00: 49 pontos

**Época em curso

*Campeonato a 16 equipas