Falcão admite que está de saída do River Plate e fala aos adeptos já em jeito de despedida. O avançado colombiano tem sido colocado com insistência na órbita do Benfica, embora também haja especulações sobre uma hipótese do F.C. Porto o cobiçar.
O jogador dá por isso a entender que o encontro de sábado, dia 4 de Julho, com o Estudiantes (este fim-de-semana não há futebol na Argentina por ser dia de eleições), pode ser o último com a camisola do clube de Buenos Aires.
«Os comentários que chegam aqui das pessoas que mandam no clube dão-me a entender que será o meu último jogo pelo River Plate», disse este sábado à imprensa argentina, em jeito de despedida: «Marcou-me mais o clube a mim, do que eu marquei o clube.»
Apesar da modéstia, Falcão foi durante várias épocas ídolo dos adeptos do River Plate. Agora diz estar na hora de experimentar o futebol europeu. «O River deve entender as pretensões que eu tenho», considerou. «Mas nunca quis tornar-me um jogador livre.»
O River Plate tem em mãos, de resto, uma proposta apresentada por Nestor Sivori, o empresário de Falcão, de cerca de quatro milhões de euros, em nome de um clube português. Durante a próxima semana é possível que o acordo fique fechado.