A lesão de Varela significou um duro revés nas intenções de Jesualdo Ferreira para o encontro frente ao Benfica, da final da Taça da Liga. O F.C. Porto, que já tinha a certeza de não contar com Hulk e Mariano para o embate, perde mais um jogador para a frente de ataque, sendo que Farías também ficou de fora da convocatória.
As opções para a linha ofensiva dos dragões estão limitadas, assim, a Falcao, Cristian Rodríguez e Orlando Sá, todos convocados para o embate. Atendendo às opções apresentadas, deve o F.C. Porto abdicar do seu tradicional 4-3-3, para reforçar o meio campo e apostar no 4-4-2? Se assim for quem deveria compor o sector intermédio dos azuis e brancos?
As dúvidas nos tetra-campeões nacionais não se limitam ao ataque e meio campo. Abarcam, aliás, todos os sectores. Na baliza, Beto ou Nuno? Na defesa, Miguel Lopes ou Fucile?
Dúvidas que só serão dissipadas perto da hora do jogo (19h15). Até lá, pode, e deve, partilhar a sua opinião sobre qual o melhor onze para Jesualdo Ferreira conseguir vencer o segundo troféu da época, depois da Supertaça Cândido Oliveira.