Quique Flores, treinador do Benfica, saiu do estádio da Luz convencido de que o Benfica não falhou qualquer aspecto essencial do jogo com o V. Guimarães. O técnico dos encarnados viu a equipa fazer uma boa exibição, em especial na primeira parte:

«Hoje falhou o resultado, fundamentalmente. Fizemos um esforço grande e um bom jogo na primeira parte. Tivemos muitos remates, e muito mais oportunidades do que o nosso adversário. Aliás, este foi dos jogos em que tivemos menos correcções a fazer ao intervalo. A equipa teve dinâmica, pressão, velocidade, conseguiu oportunidades, cantos, faltas e só não houve golo. Se temos alguma coisa para nos queixarmos é de um período de dez minutos na segunda parte», garantiu.

O treinador sublinhou também que, em sua opinião, o Benfica foi superior ao V. Guimarães:

«Foi melhor, à excepção de dez minutos em que acusámos o golo e nos desnorteámos um pouco, enquanto o adversário ganhou confiança. Mas, no conjunto, dominámos, pressionámos mais e durante 60 ou 70 minutos fomos superiores. O V. Guimarães nunca descobriu as costas e depois de sofrermos o golo, tudo ficou mais difícil. Mas, até ao golo deles, merecemos marcar, mais do que em outros jogos mais fracos do que hoje e que acabámos por vencer».