O Benfica confirmou esta terça-feira as buscas da Polícia Judiciária no Estádio da Luz e mostrou-se disponível para colaborar com as autoridades para o «apuramento da verdade» no caso que envolve o seu assessor jurídico, que foi detido esta manhã em Santarém.

Ainda na mesma nota, o emblema encarnado manifesta a «confiança e convicção de que Paulo Gonçalves terá oportunidade, no âmbito do processo judicial, de provar a legalidade dos seus procedimentos».

O Benfica referiu ainda no comunicado, publicado no site oficial, que irá pedir uma audiência à Procuradora-Geral da República, «pelas reiteradas e constantes violações do segredo de justiça, sobre os processos que envolvem o clube».

Comunicado do Benfica na íntegra

A Sport Lisboa e Benfica SAD confirma a realização de buscas às suas instalações no âmbito de um processo de investigação sobre eventual violação do segredo de justiça e reitera a sua total disponibilidade em colaborar com as autoridades no integral apuramento da verdade.

A Sport Lisboa e Benfica SAD manifesta a sua confiança e convicção de que o Dr. Paulo Gonçalves terá oportunidade, no âmbito do processo judicial, de provar a legalidade dos seus procedimentos.

A Sport Lisboa e Benfica SAD informa que irá pedir com carácter de urgência uma audiência à Senhora Procuradora-Geral da República, pelas reiteradas e constantes violações do segredo de justiça, sobre os processos que envolvem o clube, numa estratégia intencional e com procedimentos fáceis de serem investigados, como hoje foi claramente comprovado.