A pergunta é simples. A resposta está ao seu alcance, e poderá não ser fácil. No meio de tanto ruído, de tantas acusações, protestos e até violência, quem é o verdadeiro culpado pela crise do Sporting?