Luís Freire confirmou neste domingo, no final do jogo entre o Mafra e o Farense, que será o novo treinador do Estoril na próxima época.

Na conferência de imprensa após a partida que coroou a sua equipa como vencedora do Campeonato de Portugal, o técnico foi questionado sobre se seria a despedida do Mafra e o que achava de para o ano ir defrontar o antigo clube na II Liga ao serviço do Estoril e  acabou por confessar que que é um bom sinal.

«É verdade que foi o último jogo, é a realidade, acho que ficou demonstrado o profissionalismo que tivemos até ao fim. Hoje é uma despedida cheia de alegria e de coração cheio e amanhã será outra etapa a começar na minha vida mas hoje o Mafra é o mais importante», começou por dizer.

«Penso que é bom sinal que eu possa defrontar o Mafra [ao serviço do Estoril], será sempre um carinho enorme de parte a parte, o clube e as pessoas reconhecem tudo o que fiz enquanto aqui estive e reconheço a oportunidade gigante que o Mafra me deu, estou muito agradecido», acrescentou.

Luís Freire, de 32 anos, já acumula cinco subidas de divisão no currículo, entre as quais a do Mafra à II Liga nesta temporada.