Manuel Cajuda estreou-se no comando técnico do Académico Viseu com uma vitória sobre o Benfica B por 5-1 no Seixal.

Sem somarem qualquer triunfo desde 10 de dezembro de 2017, os beirões tiraram a barriga de misérias na visita à margem sul da Grande Lisboa e voltaram a colocar-se em boa posição para atacar um lugar de subida ao principal escalão do futebol português.

Sandro Lima adiantou os viseenses no marcador logo aos 11 minutos e bisou aos 38'. Avto fez o 3-0 para a equipa de Cajuda pouco depois, praticamente sentenciando o jogo ainda antes do intervalo.

Do lado do Benfica B, a reação surgiu por Heriberto, que reduziu para 1-3 nos instantes finais da primeira parte, mas a réplica dos encarnados ficou-se por aí.

Aos 85', Sandro Lima desviou com competência um cruzamento e assinou o terceiro da conta pessoal.

Mas ainda havia mais: aos 90', Avto aproveitou o balanceamento dos encarnados para o ataque e rematou rasteiro de fora da área para o 5-1 final.

Com este resultado, o Académico Viseu põe termo a uma série de sete jogos consecutivos sem vencer e soma agora 39 pontos, menos um do que o Arouca, que ocupa o segundo e último lugar de subida à Liga.

Jogadores utilizados:

Benfica B: Zlobin, Simón Ramírez, Lystcov (José Gomes, 67'), Ferro, Pedro Amaral, Florentino (Nuno Santos, 46'), Keaton Parks, João Félix, Gedson, Willock (Carter, 82') e Heriberto;

Ac. Viseu: Peçanha, Tomé, Bura, Fábio Santos, Kiko, Capela, Fernando Ferreira (Tarcísio, 71'), Zé Paulo (Paná, 83'), Avto, Sandro Lima e Nsor (Barry, 60').