Apito Dourado

O clube de Braga considera «injusta» a perda dos seis pontos e decidiu partir para a luta judicial, como explicou o seu presidente, António Mota, à Agência Lusa. «A perda dos pontos teria de ter efeitos na época passada», segundo o dirigente, pois o emblema foi notificado da decisão do Conselho de Justiça da FPF em Março de 2008.

«Isso foi o que aconteceu com o FC Porto, que perdeu os seis pontos na temporada anterior. Não temos nada contra o clube, apenas queremos ter o mesmo tratamento. Na altura, as pessoas do Conselho de Justiça deram-nos a garantia de que tudo ficaria tratado antes do início de temporada, mas deixaram andar e só agora nos tiraram os pontos», lamentou António Mota.

Depois da aplicação desta sentença, o Vilaverdense desceu do nono para o 12º lugar na Série A da III divisão e ficou numa situação muito complicada na classificação.