A Roma arrancou um empate a três na receção à Atalanta, na última segunda-feira, em jogo da segunda ronda da Serie A. Os giallorossi estiveram a perder 3-1, mas conseguiram chegar à igualdade na etapa complementar.

Di Francesco, técnico da formação da capital italiana, excedeu-se nos festejos aquando do terceiro golo da sua equipa, apontado por Manolas. O treinador italiano encaminhou-se para o banco, tentou pontapear um objeto e depois deu um murro no banco de suplentes.

De nada valeu a fúria de Di Francesco. O treinador lesionou-se na mão, inclusive apresentou-se com uma ligadura no treino, e a Roma somou um ponto, perdendo terreno para os líderes Juventus, Nápoles e SPAL.