As autoridades foram chamadas pelas 15h05 desta quinta-feira por uma residente de Wythenshawe, na área de Manchester.

A mulher alega que o avançado do Liverpool se dirigiu à filha dela, ameaçando-a, quando esta estava a tirar fotos ao Ferrari de Balotelli, que estava estacionado na rua.

A polícia inquiriu os envolvidos uma vez que recebeu uma queixa de «comportamento ameaçador».

Refira-se que ainda nesta quarta-feira Mario Balotelli se viu envolvido noutra polémica, esta em Anfield.