O argelino Riyad Mahrez admite que se arrepende da forma como lidou com a transferência falhada para o Manchester City, mas garante que tanto ele como o Leicester já ultrapassaram a situação. 

Mahrez esteve afastado dos treinos da equipa, por opção própria, durante dez dias. «Estive afastado porque queria tempo para pensar, foi uma situação difícil. O Manchester City é uma boa transferência para qualquer um, mas está no passado. Segui em frente, a dar o melhor pela minha equipa», disse o argelino em entrevista à Sky Sports News: «Arrependo-me um pouco, mas na altura pensei que fosse o melhor a fazer. Estive sempre em contacto com o clube, que lidou muito bem com a situação. O clube e os meus colegas estavam do meu lado, foi muito fácil voltar.»

O extremo confirmou que a sua conta de Facebook foi «hackeada», no seguimento de um «post» na sua página, onde confirmava a sua reforma do futebol profissional. 

Mahrez esteve em destaque na última partida, ao marcar um livre direto aos 97 minutos que resgatou um ponto para os «foxes». 

«Não digo que vou embora, nem que fico, mas no futebol os jogadores entram e saem. No verão vemos isso», disse, em relação a uma possível transferência no fim da temporada.