Mario Mandzukic juntou-se a Ibrahimovic no grupo de jogadores que não gostaram de trabalhar com Pep Guardiola.

«Dececionou-me muito, não me tratou com respeito. Não me deixou ser o melhor marcador da Bundesliga», disse Mandzukic, que, recorde-se, foi orientado por Guardiola na última época no Bayern Munique.

«Se me sentava a tomar um café com ele? Isso não vai acontecer. Na minha vida profissional não tenho que gostar de toda a gente, ma se sinto energia negativa em relação a alguém, o que faço é tratar de evitar essa pessoa.»

«Para mím tudo foi mais que perfeito enquanto o treinador foi Jupp Heynckes. Não mereço ser tratado como fui depois de ter dado tudo pelo Bayern durante duas temporadas. Senti que para mim mudou tudo quando chegou Guardiola.» 

«Esforcei-me para me adaptar, mas são precisas duas partes para que no fim algo tenha êxito. Dei-me conta que no Bayern não havía futuro para mim, porisso resignei-me a abandonar o clube.»