Há cerca de um ano, tinha anunciado que iria abandonar a carreira no final de 2013. Mas acabou por adiar por um ano essa decisão. Mas agora parece que será de vez. 

O carismático e goleador guarda-redes do São Paulo, com 41 anos e dez meses, autor de mais de 120 golos na carreira, estará assim a dois meses de terminar um percurso possivelmente inigualável. 

No São Paulo, já se pensa na sucessão. Muricy Ramalho, o técnico, já escolheu o que vai fazer para a baliza:  «Já foi pedida minha opinião e dei essa (Denis como titular em 2015)», disse Muricy, citado pelo UOL Esporte. 

«Denis é jogador que tem paciência, treina todo dia muito forte, e é parceiro. É muito complicado ficar tanto tempo sem jogar. Tem que ter caráter para ser assim. Ele tem que começar a disputar campeonato para mostrar o trabalho dele», acrescentou Muricy. 

«Se eu ficar como treinador para 2015, ele é o goleiro que começa. Aí, depois, é outra conversa. Mas ele tem que ter oportunidade», garantiu o treinador do São Paulo.