Múltiplos emblemas internacionais recorreram à conta de Twitter para comentarem o aumento do limite de caracteres da rede social para o dobro (280).

Entre diversas reações, houve clubes que admitiram que, agora, conseguem expressar o nome da instituição em todo o seu esplendor, agradeceram ao plantel completo de um campeonato do segundo escalão de Inglaterra ou incluíram o seu recente historial de resultados.

Eis alguns exemplos:

Borussia Moenchengladbach

Manchester City

Manchester United

Afinal, era falso alarme. Dave Saves vai continuar a ser... Dave Saves.

 

Bayer Leverkusen

 

Cerca de meia-hora depois do Bayer Leverkusen, o Sporting seguiu a mesma linha do clube alemão.

 

RB Leipzig

Celtic

Mas há muito mais. O Bayern Munique publicou todo o palmarés de campeonato internos conquistados (e não são poucos), enquanto o Milan fez algo parecido com um agradecimento pelo meio ao Twitter.