O Manchester City foi esta quarta-feira eliminado nos oitavos de final da Taça da Liga Inglesa. O autor da proeza foi o Newcastle de Alan Pardew, que foi vencer por 2-0 ao Etihad.

O triunfo começou a desenhar-se cedo, aos seis minutos, quando o jovem inglês de 18 anos Rolando Aarons, nascido na Jamaica, aproveitou um erro de Fernandinho para passar Wily Caballero pela primeira vez.

Com Kun Agüero em gestão de esforço e a só entrar no segundo tempo, foram os Magpies que criaram as oportunidades mais flagrantes e reclamaram mesmo uma grande penalidade (e consequente expulsão) de Kolarov, que derrubou Obertan em cima da linha da grande área. O árbitro não assinalou qualquer falta.

O segundo golo chegaria mesmo, por Moussa Sissoko, aos 76 minutos. O médio francês voltou a deixar Fernandinho mal na fotografia, ultrapassando depois Sagna antes de atirar para a baliza.

Ryan Taylor, aos 84 minutos, evitou um golo-feito de Dzeko, que poderia ter relançado a partida. Jesús Navas, dois minutos depois, ainda falharia o tento de honra.

O Manchester City era o detentor do troféu.

Southampton elimina Stoke

Com o português José Fonte no onze, o Southampton foi vencer a Stoke por 3-2 e também segue para os quartos de final.

A grande figura do encontro foi o internacional italiano Graziano Pellè, que bisou (6 e 88). Shane Long marcou o outro golo dos Saints (31). Pelos locais, os remates certeiros foram de N'Zonzi (49) e Mame Diouf (82). 

Lamela e Kane em forma

O Tottenham passou hoje o Brighton & Hove Albion ao vencer por 2-0 no White Hart Lane.

O argentino Erik Lamela e Harry Kane continuam em forma e marcaram, aos 54 e 74 minutos, os golos do triunfo dos Spurs.

Apurados

Chelsea, Bournemouth, Sheffield United, Derby County, Liverpool, Newcastle, Southampton e Tottenham são as equipas apuradas para os quartos de final.