O Nápoles sofreu a primeira derrota ao final de três jogos na Serie A. Na visita a Génova, os napolitanos perderam por 3-0 ante a Sampdoria e perderam terreno para a Juventus.

Em trinta e dois minutos, Defrel bisou (11' e 32') e deixou a formação de Mário Rui - atou os noventa minutos - praticamente fora da discussão pelo resultado. Na etapa complementar, Quagliarella (75') assinou um golaço e fixou o resultado final.

 

Quem arrancou o primeiro triunfo no campeonato foi a Lazio. No Olímpico de Roma, o conjunto biancocelesti bateu o Frosinone por 1-0. O único golo do encontro foi apontado ao quarto minuto da segunda parte, por intermédio de Luís Alberto.

A Atalanta foi surpreendida em casa pelo Cagliari. Um livre direto de Berella ofereceu os três pontos aos rossoblu.

O Sassuolo bateu o Génova por 5-3 e aproveitou o tropeção do Nápoles para se isolar no segundo lugar da Serie A.

Curiosamente, a equipa de De Zerbi até começou a perder, graças a um golo de Piatek. Contudo, a reação do Sassuolo foi demolidora e, em treze minutos (!), fez quatro golos. Boateng (34'), Lirola (38'), Babacar (41') e um autogolo de Spolli deixaram os neroverdi bem confortáveis no marcador.

Classificação da Serie A

Pouco depois da hora de jogo, Ferrari (62') conferiu tons de goleada ao resultado. No entanto, nos últimos vinte minutos, Pandev (70') e a Piatek (83') reduziram e atenuaram a diferença no marcador.

Refira-se que Pedro Pereira e Iuri Medeiros não saíram do banco de suplentes dos genoveses. 

Por último, Chievo e Empoli empataram sem golos. Já o encontro entre Torino e SPAL foi interrompido devido a um dilúvio em Turim e, por isso, ainda decorre.