A primeira convocatória pós-Mundial da seleção alemã tem seis trocas relativamente ao grupo que esteve no torneio russo.

O principal destaque vai para a ausência de Sami Khedira, mas Kevin Trapp, Marvin Plattenhardt e Sebastian Rudy também ficam de fora, tal como Mesut Özil e Mario Gomez, que renunciaram à seleção. 

Thillo Kehrer, Nico Schulz e Kai Havertz foram convocados pela primeira vez, mas o selecionador germânico, Joachim Löw, também recuperou nomes como Jonathan Tah, Nils Petersen e Leroy Sané.

A Alemanha defronta a França a 6 de setembro, no arranque da Liga das Nações, e três dias depois disputa um particular com o Peru.

Conheça os 23 eleitos da seleção alemã:

Guarda-redes: Manuel Neuer e Ter Stegen;

Defesas: Jonas Hector, Matthias Ginter, Mats Hummels, Niklas Sule, Antonio Rudiger, Jérôme Boateng, Joshua Kimmich, Thillo Kehrer, Nico Schulz e Jonathan Tah;

Médios: Julian Draxler, Ilkay Gundogan, Leon Goretzka, Toni Kroos, Julian Brandt e Kai Havertz;

Avançados: Marco Reus, Thomas Muller, Timo Werner, Nils Petersen e Leroy Sané.