Pablo Aimar continua com o futuro incerto. Uma viagem «fantasma» para a Malásia desencadeou reações iradas por parte dos adeptos do River Plate, que desejam que o antigo 10 do Benfica regresse ao clube de Buenos Aires. Porém, «el mago» ainda não decidiu e ainda estuda propostas. Ainda assim, admitiu que «é possível» que vá jogar nos Estados Unidos da América.
O argentino quis primeiro desmentir que viajou para a Malásia, informação veiculada nesta terça-feira na Argentina, para assinar com o Johor FC, um dos clubes que lhe ofereceram contrato.
«Não me quero equivocar, comecei a treinar com o Estudiantes [de Rio Cuarto], com a equipa principal. Há um mês que não treinava e custou-me imenso», disse Pablo Aimar ao Canal 13, daquela cidade, de onde é natural.
Para além da oferta asiática, Aimar recebeu uma da Major League Soccer. «Fui ver as cidades onde poderei vir a jogar, e os Estados Unidos são uma possibilidade. Sei que se pode viver bem e os meus filhos podem ir, porque não decido como quando tinha 15 anos, não decido apenas por mim», aclarou.
Quanto ao River Plate, o antigo 10 da Luz dá a entender que é uma porta que está a fechar. «Não descarto nada, mas as equipas estão a formar-se e têm o direito de se reforçar como querem», concluiu.