Mais um derby da capital, entre Roma e Lazio, mais confrontos entre adeptos das duas equipas, fora do Olímpico, recinto que vai receber a final da Liga dos Campeões. As forças policiais tiveram de intervir.

Também no relvado houve confrontos, mas de palavras. Com a televisão a mostrar em directo, o treinador da Roma, Luciano Spaletti e o dirigente da Lazio, Igli Tare, em discussão acesa, que lhes valeu a expulsão ao intervalo. No campo, três cartões vermelhos, um para Matuzaelm, da Lazio, outros para Mexes e Panucci, da Roma.

Em Florença, mais polémica, entre Fiorentina e Cagliari,. Os visitantes alegam uma agressão do brasileiro Felipe Melo sobre Diego Lopez e denunciaram o caso, com outro jogador visitante, Andrea Cossu, a sair ferido numa mão. Só que, numa segunda versão, terá sido Lopez a esperar por Melo, no túnel de acesso aos balneários. Daí, nasceu uma luta entre os jogadores.

O treinador da Fiorentina, Cesare Prandelli, comentou que não sabe o que se passou: «Não posso falar do que não vi. Não vi nada, já havia muito nervosismo em campo, mas quando existem estas situações, não devemos ficar no túnel, mas entrar no balneário.»