Jesualdo Ferreira era um homem feliz da vida no final do empate (0-0) com o At. Madrid que colocou o F.C. Porto entre as oito melhores equipas da Europa. O técnico estava eufórico e teve um discurso emocionado:

«Neste momento estamos entre as oito equipas melhores da Europa. Há um número grande de equipas inglesas nos quartos-de-final, há uma grande diferença financeira entre essas equipas e o F.C. Porto, mas o F.C. Porto habitou-se ao longo da história a fazer milagres. Não havendo lesões e melhorando certos aspectos, acho que podemos discutir com qualquer equipa a passagem às meias-finais da Liga dos Campeões. Há jogadores que estavam há três anos à procura deste feito, porque como já disse os grandes jogadores vivem de troféus, fizeram tudo para merecer este momento e para eles o meu abraço. Para os mais jovens, dá mais responsabilidade esta conquista, mas também os faz crescer muito. Há muitos jogadores que cresceram imenso.»