Em comunicado divulgado no site da Associação de Futebol de Setúbal (AFS), o Conselho de Disciplina (CD) anuncia o castigo, referindo o artigo 109º do Regulamento Disciplinar da AFS, que decreta a punição de «seis meses a quatro anos» por «ofensas corporais à equipa de arbitragem».

Também o Alfarim foi punido pelo CD, desta feita com «derrota» e multa, face ao exposto no artigo 52: «O clube interveniente no jogo, cujo agente desportivo, esteja ou não incluído na ficha técnica, agrida fisicamente algum dos membros da equipa de arbitragem por forma a determinar-lhe lesão que o impossibilite de dar início ao jogo ou de o fazer prosseguir, sendo este, em virtude desse facto, dado por terminado antes do tempo regulamentar, é punido com derrota e multa de 150 a 300 euros.»