«Ambas as partes queriam chegar a um acordo e mostrámos muito interesse. O acordo foi rápido. Estou encantado por continuar aqui e esta assinatura é a prova do meu compromisso com o Sevilha», afirmou o avançado após rubricar o novo contrato.

Kanouté assumiu contactos, mas desmentiu qualquer aproximação da equipa de Milão. «De minha parte não houve nada. Havia interesse de alguns clubes mas do Milan ninguém falou comigo. Directamente, só falei com o Sevilha, que era a minha prioridade», comentou o maliano.

Este novo contrato termina quando Kanouté tiver 34 anos, o que abre a perspectiva do jogador terminar a carreira em Sevilha. Só que o avançado ainda não pensa em pendurar as chuteiras e ignora essa possibilidade. «Parece que estou mais próximo [do fim] mas ainda é cedo para falar disso. Não estou certo de encerrar a carreira por essa idade. De momento penso no presente. Estou encantado por ficar aqui. Gosto da cidade, a minha família também se adaptou bem, a equipa é boa, o clube continua a crescer. Não tenho razões para me ir embora», garantiu o ponta-de-lança.