A quarta jornada da Liga dos Campeões trouxe mais quatro apurados para os oitavos de final. A Bayern Munique e Paris Saint-Germain, que se qualificaram na terça-feira, juntaram-se hoje os ingleses do Manchester City e Tottenham.

No que diz respeito às equipas portuguesas, o FC Porto recolocou-se em zona de apuramento, com um excelente triunfo frente ao RB Leipzig, o Sporting continua na luta embora com hipóteses reduzidas depois do empate a um golo em Alvalade frente à Juventus, e o Benfica, o pior cabeça de série da história da fase de grupos até aqui e que tem ido de derrota em derrota, tem pela frente um verdadeiro milagre.

No que diz respeito ao Ranking da UEFA, o triunfo dos dragões reduziu um pouco a distância para o sexto lugar, ocupado pela Rússia, mas o cenário mantém-se negro.

Veja em baixo como ficam os oito grupos a duas jornadas do fim.

Contas muito complicadas para o Benfica depois da derrota em Old Trafford.

Grupo A

O Benfica é a equipa portuguesa que parte para as últimas duas jornadas com contas mais complicadas. Mais do que isso: é caso para dizer que só um verdadeiro milagre dará o passaporte aos encarnados para os oitavos de final ou mesmo para a Liga Europa. Um fracasso total do campeão luso, uma vez que além da menor categoria dos rivais, à exceção obviamente do Manchester United, não há memória de um cabeça de série com zero pontos no fim da quarta jornada da fase de grupos.

Simplificando contas que são bem complicadas de explicar, o Benfica tem de vencer os dois últimos jogos frente a CSKA Moscovo e Basileia, e esperar que o Manchester United, líder do grupo, com 12 pontos, os vença também. Mesmo assim, pode não chegar, já que há uma diferença de golos que parece uma verdadeira montanha para escalar. Descontando os confrontos com o Manchester – uma vez que o cenário de empate a três com seis pontos é o único viável para os portugueses –, as diferenças de golos no confronto direto entre estas três equipas é a seguinte: Basileia (+6 golos), CSKA (0), Benfica (-6 golos).

Apesar da liderança do Manchester United, com um pleno de 12 pontos, o apuramento da equipa de José Mourinho também ainda não está garantido. Precisa de um empate em dois jogos para oficializar a questão, e ao mesmo tempo o primeiro lugar.

Classificação: Manchester United, 12; Basileia, 6; CSKA Moscovo, 6; Benfica, 0

O PSG está apurado, irá discutir o primeiro lugar com o Bayern.

Grupo B

O grupo com maior número de decisões até aqui. Paris Saint-Germain e Bayern Munique venceram e estão apurados, com os alemães seguros pelo confronto direto com o Celtic. Faltará a questão do primeiro lugar, provavelmente a resolver entre os dois, em Munique, na ronda final.

Já os escoceses vão discutir o acesso à Liga Europa com o Anderlecht, e partem para as duas rondas finais com três pontos de vantagem e o conforto de receber os belgas em Glasgow na última ronda.

Classificação: Paris Saint-Germain, 12; Bayern, 9; Celtic, 3; Anderlecht, 0

A Roma passou para o primeiro lugar do Grupo C, depois de bater o Chelsea no Olímpico.

Grupo C

Luta titânica pelo primeiro lugar entre Roma e Chelsea, com os italianos a ganhar vantagem depois do 3-0 de terça-feira aos «Blues» no Olímpico.

Vida muito complicada para o Atlético de Madrid, que receberá agora os italianos no Metropolitano e irá a Stamford Bridge para fechar as contas do grupo. À espreita está o Qarabag, que ainda pode atingir o segundo lugar, mediante uma conjugação de resultados.

Classificação: Roma, 8; Chelsea, 7; Atletico Madrid, 3; Qarabag, 2

Empate da Juventus em Alvalade garante vantagem no confronto direto aos italianos.

Grupo D

O Sporting está na luta pela qualificação, mas depois do empate da Juventus em Alvalade os três pontos de desvantagem funcionam como quatro em caso de empate final.

Primeiro, poderá arrumar a questão da Liga Europa como mínimo garantido perante o Olympiakos. Em casa, bastará o empate para segurar esse terceiro lugar, mas apenas o triunfo irá manter os homens de Jesus na corrida pelos lugares acima, caso a Juventus não vença o Barcelona. Se os italianos somarem os três pontos em Turim perante os espanhois então as contas ficam ainda mais difíceis: é necessário ir vencer por dois golos de diferença a Barcelona e esperar que a Juventus pontue em Atenas.

Os catalães estão a um ponto da festa, e podem ajudar, numa primeira fase, os leões, que fecham o grupo depois em Camp Nou.

Classificação: Barcelona, 10; Juventus, 7; Sporting, 4; Olympiakos, 1

Liverpool pode carimbar o apuramento em Sevilha.

Grupo E

Tudo em aberto ainda, com o Sevilha a colocar-se em posição de apuramento depois de bater o Spartak Moscovo. Desde o líder Liverpool até ao último, o Maribor, as quatro equipas mantêm hipóteses de apuramento. Os «Reds» podem, no entanto, confirmar a qualificação, em caso de triunfo no Sánchez Pizjuán já na próxima ronda.

Classificação: Liverpool, 8; Sevilha, 7; Spartak Moscovo, 5; Maribor, 1

Kun Agüero tornou-se o melhor marcador da história do Manchester City

Grupo F

O Manchester City carimbou esta quarta-feira o apuramento ao vencer novamente o Nápoles no San Paolo. Já nenhum dos adversários pode chegar aos 12 pontos com que se apresenta nesta altura. Também o Shakhtar Donetsk, de Paulo Fonseca, parece à beira da qualificação, precisando de um ponto nos próximos dois encontros, de grau de dificuldade muito elevado: Nápoles, no San Paolo, na próxima ronda; Manchester City a fechar, na Ucrânia.

O Feyenoord já só pode aspirar à Liga Europa.

Classificação: Manchester City, 12; Shakhtar Donetsk, 9; Nápoles, 3; Feyenoord, 0

Golo de Danilo muito importante no triunfo do FC Porto frente ao Leipzig.

Grupo G

A grande vitória do FC Porto frente ao RB Leipzig, posiciona a equipa de Sérgio Conceição no segundo lugar a duas jornadas do fim, e bem dentro da luta pela qualificação. O Besiktas, o próximo adversário, está, contudo, mais perto da festa. Um ponto frente aos dragões em Istambul garante o apuramento. O FC Porto pode também qualificar-se em caso de triunfo, mas precisa que o Leipzig não vença no Mónaco.

Com o 3-1 desta quarta-feira, os portistas garantem vantagem no confronto direto perante o conjunto da antiga Alemanha de Leste.

O Mónaco de Leonardo Jardim, João Moutinho e Rony Lopes é último, mas ainda luta por um lugar nos oitavos de final.

Classificação: Besiktas, 10; FC Porto, 6: RB Leipzig, 4; Mónaco, 2

O Tottenham também está qualificado, às custas de uma vitória frente ao Real Madrid.

Grupo H

O Tottenham está qualificado, depois da estrondosa vitória frente ao Real Madrid. Os espanhóis também não foram grandemente penalizados pela derrota, uma vez que poderão carimbar a qualificação na visita ao APOEL na próxima ronda. Mais do que as contas transparece o péssimo momento de forma dos «merengues», que não conseguiram levantar moral depois da derrota em Girona na liga.

Desastrosa sim a campanha do Borussia Dortmund, que falhou em vencer qualquer jogo com os cipriotas, e que a manter o registo na receção aos ingleses e na visita ao Santiago Bernabéu tem igualmente a passagem à Liga Europa ameaçada.

Classificação: Tottenham, 10 pontos; Real Madrid, 7; Dortmund, 2; APOEL, 2